Faça estas 4 perguntas mágicas a seu filho todos os dias

Os cientistas descobriram que gastamos em média 12,5 minutos ao dia com uma criança. Desse tempo, 8,5 minutos são usados para recriminações e proibições. Apenas 4 minutos sobram para uma comunicação afetuosa e por isso, resolvemos compartilhar uma estratégia elaborada pela escritora Jamie Harrington que mostra 4 perguntas que você deve fazer a seu filho todos os dias e melhorar o seu relacionamento com a criança.

É muito simples: consiste em fazer a seus filhos perguntas abertas que não possam ser respondidas com um simples ’sim’ou ’não’. Isso incentiva as crianças a descreverem seus sentimentos e avaliar suas melhor suas ações. Quer saber quais são estas perguntas mágicas? Então, vamos lá!

1 – Como foi o seu dia?

1871560-1-1473770606-0-1474033790-1474052043-650-6898a2519a-1-1474246366

Se, no início, a criança não se sentir confiante e apenas dizer ’bom’, ’tudo bem’, etc., não vale a pena pressioná-la para que responda o que você quer. Conte como foi seu dia e você vai ver que, mesmo a criança mais introvertida, começará a compartilhar com você o que sente.

2 – Como estão seus amigos?

1871610-2-1473770594-0-1474033939-1474052121-650-6898a2519a-1-1474246366

Você pode perguntar especificamente sobre um amigo concreto ou todos em geral. É importante que a criança confie em você e não tenha medo de lhe dizer.

3 – O que aconteceu de bom hoje?

1871510-3-1473770581-0-1474034018-1474052195-650-6898a2519a-1-1474246366

Quando não se está muito bem ou depois de um exame de matemática complicado, é difícil lembrar de algo bom que tenha acontecido com você durante o dia. Por isso, é necessário primeiro que ocorra algo que lhe deixe de bom humor. Por exemplo, sem aviso prévio, ir ao cinema, brincar com jogos em casa, são atitudes que farão com que fantasias e emoções positivas tomem conta de você e de seu filho.

4 – Como posso te ajudar?

1871460-4-1473770565-0-1474034084-1474052284-650-6898a2519a-1-1474246366.jpg

Todos sabemos como é difícil às vezes pedir ajuda a alguém. É improvável que uma criança que não esteja acostumada a receber ajuda nas pequenas coisas reclame de uma situação difícil. Por isso, ofereça ajuda a seu filho para arrumar o quarto ou para o dever de casa. Não tenha medo de mimar seu filho/filha porque, quanto mais você o ajudar nas pequenas coisas, mais aumenta a possibilidade de que, em caso de conflito grave, a criança peça ajuda a você. No entanto, isso não significa que você tenha que começar a fazer tudo para a criança.

Ouça o seu filho, não o interrompa e não se apresse em tirar conclusões e julgá-lo prematuramente. Fale somente quando ele pedir. Não evite o contato físico, abrace seu filho ou leve-o pela mão. Se agora você está de mau humor ou não tem tempo, diga isso com toda a sinceridade e arranje um momento para estar com ele mais tarde.

Via vospitaj.com para Incrivel.club

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s