Evviva la Torre di Pisa!

Por ter sido construída em um solo de areia e argila, que não são adequados para sustentar uma edificação, a Torre de Pisa inclinou-se quando ainda tinha apenas três de seus andares construídos. Bonanno Pisano, o engenheiro encarregado do projeto, tentou compensar esta inclinação construindo mais cinco andares ligeiramente mais altos do lado em que a estrutura estava pendendo para baixo e o resultado foi este que hoje conhecemos: a torre afundou ainda mais. (Mas que ideia genial! #sqn)

Com tantas intervenções e após muitas tentativas de aprumar a estrutura de oito andares a Torre de Pisa foi finalizada apenas na segunda metade do século XIV. No século XX, a torre passou a se inclinar cerca de 1,2 milímetro por ano. Quando essa pendência em relação ao eixo chegou a 4,5 metros, em 1990, ela foi fechada ao público, sob risco de desmoronar.

5f0.png
Mamma Mia!

Somente em 1997, uma comissão de 14 especialistas conseguiu eleger uma solução aparentemente simples mas eficaz: tirar, aos poucos, a terra do lado inclinado da torre e reforçar a fundação com placas de chumbo, medida que evitaria o risco de desmoronamento enquanto o trabalho era realizado. Além disso, também injetaram cimento nos muros que circundam o monumento.

imagem

Errada desde o início, a torre que foi construída para abrigar o sino da Catedral de Pisa demorou quase 180 anos para ser construída e ficou por muito tempo fechada para visitação devido às constantes obras, sendo reaberta ao público apenas em 2001.

É um monumento histórico obrigatório para os turistas que visitam a Itália e uma verdadeira obra de arte. Cai não, torre de Pisa! Daqui a poucos dias estarei aí só pra te ver. 😉

Evviva la Torre di Pisa

Cade la mela dal melo,
la pera dal pero è costretta a cascar.
Cade la pioggia dal cielo,
cadono gli uomini in mar.

Ieri un magnifico vaso
mi cadde sul naso dal decimo pian,
e con un dolce sorriso
mi misi allora a cantar:

Evviva la Torre di Pisa
che pende, che pende
ma sempre sta su.

Evviva la Torre di Pisa
che pende, che pende
e mai non vien giú.

Se tu verrai con me Maria Luisa,
la guarderai, e poi esclamerai:
“Mamma mia che effetto mi fa!”

Evviva la Torre di Pisa
che pende, che pende
e mai non cadrà.

Quando la vedi ai tuoi occhi non credi
e una grande paura ti fa.
Ma come fa a stare in piedi?
Meglio tirarsi piú in lá.

Dopo s’infilan le scale, si sale,
si sale, e lei pende di piú.
Senti la testa girare
mentre ripeti anche tu:

Evviva la Torre di Pisa
che pende, che pende
ma sempre sta su.

Evviva la Torre di Pisa
che pende, che pende
e mai non vien giú.

Se tu verrai con me Maria Luisa,
la guarderai, e poi esclamerai:
“Mamma mia che effetto mi fa!”

Evviva la Torre di Pisa
che pende, che pende
e mai non cadrà.

Se tu verrai con me Maria Luisa,
la guarderai, e poi esclamerai:
“Mamma mia che effetto mi fa!”

Evviva la Torre di Pisa
che pende, che pende
e mai non cadrà.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s