Acredite em si mesmo

Muitos acreditam que nosso desenvolvimento atinge seu ápice na fase adulta. Mas não é bem assim. O ser humano é um ser em constante construção, um projeto que não se conclui apenas com o desenvolvimento biológico. Somos seres multidimensionais, de ilimitadas possibilidades e pulsões infinitas. Porém, é na dimensão social, isto é, nas interações sociais, que ocorrem as principais distrofias de seu potencial inato que é a capacidade de viver a vida em sua plenitude.

O que quero dizer com isso é que em boa parte do tempo as pessoas baseiam-se nas avaliações alheias para definirem a si mesmas e ao fazerem isso estão incorrendo no erro de acreditar em projeções desta imensa casa de espelho que é a nossa sociedade. Assim sendo, este indivíduo carente de autoconhecimento, baseia-se nas suas interações sociais para definir a si próprio e passa a acreditar em uma imagem distorcida que não corresponde à realidade de seu potencial.

Acreditar em si mesmo não é narcisismo, é necessidade. Significa reconhecer as áreas que precisam ser melhoradas e os “dons” que você possui. Acreditar no próprio taco nos faz mais corajosos e mais dispostos a sair de nossa zona de conforto. As pessoas que não são autoconfiantes têm medo de explorar o novo e repreendem aqueles que o fazem.

Resolvi escrever este artigo devido a uma conversa que escutei uma vez enquanto andava de metrô. Duas mulheres, uma de aparentemente uns 30 anos e outra de uns 60 e poucos, conversavam e possivelmente eram mãe e filha.

Pelo que ouvi, a mulher mais nova estava desempregada e o mercado de trabalho não estava muito aberto às suas investidas profissionais pois ela falava com um certo pesar que já nem sabia mais quantos currículos tinha enviado nos últimos meses. Após algum tempo, ouvi ela confessar à mulher mais velha que, desta vez, iria apelar para trabalhos fora de sua área. “Quem sabe eu consiga dar certo na área de vendas”, disse.

A mulher mais velha que ouvia a mais nova enquanto olhava para o piso disse logo em seguida: “Trabalhar com vendas? Isso é para quem tem “lábia”, minha filha, você é muito retraída”, sentenciou.

Ali mesmo, comecei a me perguntar porque as pessoas são tão incisivas ao julgar as capacidades alheias e tão inseguras quando se trata de avaliar suas próprias capacidades. O mais grave nesta história é que muitas vezes as opiniões alheias nos fadam a permanecer na inércia, a não sair do lugar. Nem mesmo as opiniões de nossa família deveriam ter o poder de interromper nossos planos.

Confesso que fiquei muito chateadas com aquela situação pois muitas vezes somos tão carentes de confiança em nós mesmos que nos deixamos rotular com algo que não representa aquilo que realmente somos.

É por isso que exalto a importância de buscar o autoconhecimento e por mais que soe estranho, isso não é coisa de guru espiritual ou de quem não vive com os pés no chão. Ao contrário, autoconhecimento é coisa de quem põe a mão na massa, de quem testa suas habilidades e sabe exatamente onde lhe sobra e onde lhe falta. Esta práxis, de estar sempre tentando, é que nos mostra quais as possibilidades dos acertos e dos erros.

Daí a importância de nunca deixar que uma opinião desmerecedora bloqueie seu ímpeto de tentar algo novo. Você não é a sua aparência, você não é a sua condição social, você não é o seu gênero, você não é os erros que já cometeu, você não é o seu cargo ou profissão, você não é a sua idade, você não é aquilo que pensam sobre você, você não é o que os outros julgam que você é capaz. Você, na verdade, é aquilo que estiver disposto a ser e é na ação que temos a possibilidade de nos desenvolvermos e aprendermos mais sobre nós mesmos.

Tudo-o-que-eu-quero-um-sentimento-por-dia.jpg

Anúncios

2 comentários sobre “Acredite em si mesmo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s